Bem vindo ao site da SPEA - sociedade portuguesa para o estudo de aves

Opções do site

Subscrever Newsletter

Outras opções do site

Pesquisar no site

Data actual

Principais opções do site

D
S
T
Q
Q
S
S
 
 
 
 
 
1
3
4
5
6
7
8
11
12
14
15
17
18
19
20
21
23
25
26
27
28
29
A Nossa Missão
A SPEA é uma ONG de ambiente sem fins lucrativos, que tem por missão trabalhar para o estudo e a conservação das aves e seus habitats, promovendo um desenvolvimento que garanta a viabilidade do património natural para usufruto das gerações futuras.
Home  > 
imprimir
Notícias


Life Rupis de volta à escola
Susana Dias



No segundo de três anos letivos de iniciativas dedicadas ao público escolar da área de intervenção do projeto Life Rupis, a equipa de Educação Ambiental levou às salas novos materiais e regressou com novidades.

Atividades em Portugal
Depois da apresentação do Programa Escolar do projecto Life Rupis para o ano letivo 2017/2018 aos professores, a equipa de Educação Ambiental do projeto esteve no terreno durante o primeiro trimestre, e levou às salas das escolas novos materiais e regressou com novidades.

Assistiram às atividades 125 alunos e 9 professores em Miranda do Douro, 149 alunos e 5 professores em Mogadouro, 150 alunos e 11 professores em Freixo de Espada à Cinta e 169 alunos e 13 professores em Figueira Castelo Rodrigo. No total, o Rupis chegou desta forma a 593 alunos e 43 professores das escolas locais.

Este ano, as dinâmicas dos 3º e 5º anos, para além dos sons e das imagens em tamanho real, contaram com uma inovação: réplicas de algumas espécies à escala real, o que encantou e aumentou o impacto e surpresa, bem visíveis nos alunos. Aos alunos dos 8º e 11º anos, a lição foi novamente dada em forma de jogo de perguntas por equipas, mas com algumas questões novas. Para além disso, este ano houve turmas de continuidade com novas dinâmicas. Os 4º e 6º anos tinham como exercício propor soluções para as ameaças às espécies-alvo do projeto e os 9º e 12º anos tiveram o desafio de debater um tema controverso da atualidade do nosso país, a possibilidade de legalização do uso veterinário do Diclofenac, um medicamento que provoca a morte dos abutres.

Mais uma vez, as sessões estiveram a cargo da SPEA e da Palombar em Miranda do Douro e Mogadouro, e da SPEA e da Associação Transumância e Natureza - ATN, em Freixo de Espada à Cinta e Figueira de Castelo Rodrigo. À equipa juntaram-se também as novas mestrandas do projeto na área da educação ambiental: Mariana Mantas e Susana Dias.

Para avaliar a satisfação, a equipa resolveu experimentar uma nova metodologia: o voto nos sorrisos em boletim individual. O resultado foi surpreendente pois, para além da grande maioria de sorrisos verdes, tivemos boletins com mensagens como: “adorei” “adorámos”, “Adorei a iniciativa. Boa Sorte”.

Depois destas primeiras atividades, os alunos aguardam ansiosamente pelas saídas de campo, que deverão decorrer na primavera, prometendo muitos deles portar-se bem para poderem ter essa oportunidade. A equipa não esquecerá estas sessões nem aqueles sorrisos para a foto a gritar: “Britango!” Foi interessante ver a sua motivação, curiosidade e vontade de participar e, sobretudo ficou a sensação de que tudo valeu mesmo a pena, mas nada como ver o vídeo elaborado pela nossa mestranda Mariana Mantas, para saber como foi.


Atividades em Espanha
As atividades do Programa Escolar do Life Rupis no lado espanhol também já começaram, em fevereiro. Neste ano letivo, numa perspetiva de trabalho de continuidade, serão acompanhadas as mesmas turmas do ano passado, em atividades em sala de aula e em visitas às Casas do Parque Natural Arribes del Duero.


 

Notícias relacionadas:
    •  Dacia Renault apoia projeto Life Rupis
    •  Palestra sobre o combate ao uso de ilegal veneno no LIFE Rupis
    •  Correção de Linhas elétricas para redução da mortalidade de aves
    •  Britango Rupis reaparece no Douro!


voltar


Política de privacidade, adicione aos favoritos, sugira este site © 2010 spea - Todos os direitos reservados.
Seara.com