O 'Life Rupis – Conservação do britango e da águia-perdigueira no vale do rio Douro’ (LIFE14 NAT/PT/000855) é um projeto de conservação transfronteiriço, com a duração de 4 anos (2015 – 2019), cofinanciado através do programa LIFE da Comissão Europeia.

O projeto, que decorre em território português e espanhol, mais concretamente nas áreas protegidas do Douro Internacional e Vale do Rio Águeda e dos Arribes del Duero, pretende implementar ações que visam reforçar as populações de britango e águia-perdigueira nesta região, através da redução da sua mortalidade e do aumento do seu sucesso reprodutor. O abutre-preto e o milhafre-real são espécies que também irão beneficiar das ações do projeto.




EM DESTAQUE



A caminho de África

Acompanhe o Arribas na travessia para África, nesta animação 3D feita com os dados do transmissor de GPS deste britango quando atravessou o estreito de Gibraltar. Veja como Arribas subiu nas correntes térmicas até aos 2329 metros de altitude antes de planar sobre o mar, chegando a Marrocos a uma altitude de 1107 metros, e fazendo a travessia nuns impressionantes 26 minutos.

Este e outros britangos estão já em África, onde passarão o inverno. Para acompanhar as suas viagens, espreite os nossos mapas.
Rupis recebe visita de abutre africano
2019-11-21
Um grifo-de-rüppell foi registado este verão no nosso Campo de Alimentação para Aves Necrófagas em Bruçó.
Reforço de patrulhas após envenenamento de grifo
2019-11-19
A Brigada do Meio Ambiente da Junta de Castilla y León intensificou as suas tarefas de prospeção, vigilância e controlo do uso ilegal de veneno, em colaboração com a Guardia Civil, em toda a Província, assim como na parte salamanquina do Parque Natural Arribes del Duero.
Apresentamos o britango Arribas
2019-10-16
O britango juvenil marcado este verão no Douro já tem nome, e já está em África.